sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

TOP-9 de Cinema SVEJA

Feliz ano novo a todos os jovens de coração.
2009 foi um ano de grandes filmes, que ficarão marcados para sempre no meu lobo temporal. E para começar bem o ano, nada como celebrar o passado com uma lista dos melhores filmes que eu assisti na tela grande em 2009: O TOP-9 de Cinema SVEJA!!!

9° WATCHMEN
Enfim, a melhor HQ de todos os tempos ganha sua versão cinematografica e não decepciona: é uma das melhores adaptações de quadrinhos que eu já vi. Zack Snyder (300, Dawn of The Dead) foi cuidadoso ao transpor a complexa e filosófica odisséia dos vigilantes praticamente quadro a quadro, sem pressa e sem medo de ser feliz, não aliviando na violência e nos dialogos ácidos que permeiam o original (coisa que eu temia que acontecesse). Com uma trilha sonora perfeita que vai do sublime Sound of Silence, de Simon e Grafunkel, ao folk The Times They are A Changed, de Dylan. Uma boa adaptação de quadrinhos exige conhecimento, respeito e amor, e Zack mostrou que tem toneladas em se tratando da obra máxima de Alan Moore. Puro delírio nerd.



8° O Curioso Caso de Benjamin Button
David Fincher consagrou-se como um dos meus diretores favoritos com sua obra-prima Clube da Luta (meu segundo melhor filme EVER até agora), que me fez procurar por Se7en, seu trabalho de estréia, ambos filmaços com Brad Pitt como protagonista. Só por esta dobradinha, Benjamin Button já era muito aguardado por mim, alem do que, contava com um instigante plot: um homem que nasce velho e vai rejuvenescendo ao longo do tempo, uma vida ao contrário! O resultado? Um novo clássico, perfeito e emocionante.


7° Quem Quer Ser um Milionário
O oscarizado melhor filme de 2008 só chegou aqui em março do ano passado. Danny Boyle, diretor de Exterminio, que eu tambem gosto muito, nos proporciona uma verdadeira festa na tela. Risos, lágrimas e palmas se misturaram neste que foi o meu passe de entrada para descobrir a beleza do Cinema indiano.


6°500 Dias com Ela
Se em 2008 me apaixonei por Ellen Page, com JUNO, em 2009 tive Zooey Deschanel como Summer, dona absoluta do meu coração. Em 500 Dias com Ela, Summer faz gato e sapato do pobre e romântico Tom (vivido com depressiva maestria por Joseph Gordon-Levitt - nunca tinha ouvido falar deste rapaz...). Ela não acredita no amor, Ele ama Ela. Não vou contar muito para não estragar todas as pequenas e deliciosas surpresas que aguardam aqueles que ainda não viram esta que foi a melhor comédia romântica do ano passado (quisá da década), embora o proprio filme rejeite esta alcunha logo no começo com o aviso: Esta não é uma história de amor. Realista, duro, meigo, lindo, triste, feliz... imperdivel.


5° Marley & Eu
Mais do que merecido, a história de Marley é um caso a parte. Nunca eu chorei tanto com um filme, nunca. Eu já contei aqui, mas vale a pena repetir: eu não esperava absolutamente nada com este longa, mesmo porque eu assisti ele numa matinê e dublado. Aconteceu que o filme me pegou de calça curta, com sua primeira parte up!, no maior estilo Sessão da Tarde me deixando totalmente apaixonado pela história e com seus personagens (Owen Wilson e Jennifer Aniston, ambos espetaculares) e me desarmando totalmente para os dolorosos 3° e 4° atos. Sério: eu saí do cinema vermelho, chorando compulsivamente... que vergonha, que poder, que filmaço!!!!


4° Distrito 9
Os 600 milhões de dólares de AVATAR não foram páreo para os 30 que foram gastos por Neil Blokamp em seu trabalho de estréia que eu considero A ficção cientifica de 2009 (eu não vi Moon, ainda...) : Distrito 9! Com um roteiro convincente e original, o longa conta com efeitos da grande WETA (mesmo estudio que trabalhou na trilogia do Um Anel), Neil nos leva a Joanesburgo, cidade que abriga uma colônia de centenas de aliens doentes e famintos. Eles não vem conquistar, ou pedir por paz, eles querem abrigo. Realista e fantástico ao mesmo tempo, Distrito 9 é a prova que o futuro do Cinema não está nos grandes orçamentos e sim nas grandes idéias.

3° Se Beber Não Case
Assim como Marley & Eu ficará marcado como o filme que mais me fez chorar, Se Beber Não Case será lembrado como o filme que mais me fez rir no cinema. Todd Philips transforma uma simples despedida de solteiro em Las Vegas num triller contaginate e inesquecivel. Com um elenco de caras novas, mas muito competentes, o longa é a manifestação suprema da amizade masculina, sem frescuras, mas genuína. Se você ainda não viu, não sabe o que tá perdendo, é genial!!!

2°Gran Torino
Não é por ser paga-pau de Clint Eastwood que Gran Torino ocupa o 2° lugar. É por que o filme é muito bom mesmo. Walt Kowalski (Clint) é um veterano de guerra, homem rústico, triste pela perda de sua esposa e amargurado com o resto de sua familia, nostalgico de seus tempos de juventude, Walt concentra apenas em seu velho Gran Torino 72 todo o seu amor. Assombrado pelos fantasmas da Guerra da Coréia, da qual participou, trata com preconceito e violência sua vizinhança oriental, situação que começa a mudar quando ele acaba por se tornar o herói do bairro. Com a direção sofisticada do próprio Clint Eastwood, Gran Torino é um dos trabalhos mais profundos e belos deste que é um dos maiores nomes da Industria Cinematográfica.



1°Inglórios Bastardos
O primeiro lugar vai para a mais nova obra-prima de Quentim Tarantino: Bastardos Inglórios. Com um roteiro saboroso (Wait for the cream!), QT nos conduz aos conturbados tempos da 2° Guerra Mundial, mas num Universo paralelo onde a História se revela muito mais empolgante e heróica do que a realidade. O destaque fica para o Coronel Hans Landa, interpretado de modo genial por Cristoph Waltz, que se estabelece como um dos maiores vilões do Cinema (Oscar pra este cara, putaquepariu). Enfim a vingança judia é concretizada neste que foi, na minha opinião o melhor filme EVER de 2009.


E esta foi a TOP-9 do SVEJA . E você? Qual o melhor filme de 2009 na sua opinião?

Um comentário:

gabriel disse...

Muito bom, mas Marley & Eu não é definitivamente um dos melhores.