sábado, 24 de maio de 2008

Agente da CIA

Enquanto o mundo se diverte com o quarto longa de Indiana Jones, o Partido Comunista Russo acusa o filme de "distorcer a história e promover propaganda anti soviética", e já move seus palitos para bani-lo dos cinemas da Rússia, atualmente exibido em 880 salas por lá.

O melhor dessa histeria toda, são os argumentos conspiratórios de um tal Viktor Perov, membro do partido supra-citado em São Petersburgo: Segundo ele,"os EUA deveriam ter vergonha de assustar crianças com comunistas depois de ter recebido apoio russo para derrotar os nazistas e a simpatia local na luta contra Bin Laden"

E Perov não parou por aí,dizendo que "as mulheres russas não se parecem com nazistas"(cuma?) e, partindo para o absurdo, completou declarando que "até Blanchett deveria estar ameaçada pelo desemprego para aceitar o trabalho em Reino da Caveira de Cristal". Outro membro do partido, Andrei Gindos, declarou que "Blanchett e Harrison Ford são atores de segunda categoria e ligados à CIA "(ei, isso seria legal!!!).



Mais pé no chão, outro partidário comunista,Vladimir Mukhin declarou que "o filme seria divertido se não houvesse o risco de influenciar os adolescentes que nada sabem sobre a década de 50".

Com certeza!

Qualquer um que sabe um pouquinho sobre o regime genocida de Stalin ,se divertiria MUITO mais ao saber como Lucas e Spielberg amenizaram no filme todo o terror e sofrimento que o governo soviético impôs à milhões de pessoas naquele tempo...





Um comentário:

mahideia disse...

hummm.
e vc já assistiu ao filme então?!

Pode deixar que passarei sempre por aqui. E sinta-se a vontade pra passar lá pelo meu blog, (ou pelo vox, e comentar.

Bjinhus